E O CASÓRIO?

26 abril


“Nossa, já vai fazer 30? Menina, você precisa arrumar um namorado, se não casar agora depois dos 30 é muito mais difícil!”

Isso, com toda sinceridade é uma “conversinha” que me incomoda. Me incomoda pelo simples fato de algumas pessoas acharem que é preciso ter alguém para ser feliz. Não, não é preciso.

Estou solteira há uns 3 anos aproximadamente, e “estar solteira” deixa muita gente preocupada, alguns inclusive sentem pena, como se isso me deixasse infeliz, como se não ter uma pessoa fosse algo terrível. Oi?

Já namorei algumas vezes, tive relacionamentos furados (muitos relacionamentos furados). Fazia tudo pra dar certo, colocava as necessidades do outro como prioridades e esquecia das minhas, das minhas vontades, dos meus sonhos, me anulava… Quando o relacionamento afundava, ficava louca sem saber como ficar “sozinha”, logo estava euzinha embarcando em outra canoa furada pelo medo de não ter ninguém.

Essa busca descontrolada pelo príncipe encantado me deixava angustiada, triste. Cada vez que ouvia “Não fica triste, logo você encontra outro cara, você é linda.”, afundava nas lágrimas achando que terminaria sozinha rodeada de gatos, sentada em uma cadeira de balanço, nada contra gatos e nem cadeiras de balanço, amo ambos. Quando terminei meu último relacionamento estava arrasada, e por obra de algum ser de luz, acabei esbarrando com a frase “antes de ser um bom par, você deve ser um bom ímpar”. Não sei quem é o autor, só sei que sem saber, essa pessoa me deu um tapa com luva de seda e um sacode pra vida.

Onde está escrito que pra ser feliz eu preciso estar casada ou estar namorando? Pude observar que temos uma mania feia de colocar na mãos dos outros a nossa felicidade, e isso, sem sombra de dúvidas é tiro certo pra infelicidade. Você só conseguirá ser realmente feliz com outra pessoa, quando você conseguir ser feliz sozinha (sozinho), é uma frase clichê eu sei, mas é a mais pura verdade. Não existe essa de “fulano me completa", eu não quero alguém para me completar, não preciso pois já sou completa, eu quero alguém que me transborde, se não for assim nem precisa aparecer.

Não devemos nos acomodar, não devemos nos agarrar a relações vazias simplesmente por medo da solidão. Isso não é saudável. Quantas vezes vi amigas deixando de ir a algum lugar porque o namorado não quer, ou deixar de usar tal roupa pra não “contrariar" o boy, quantas vezes eu mesma fiz isso. Viver a vida em função de outra pessoa é deprimente. Não estou dizendo que não devemos jamais fazer coisas pelo outro, estou dizendo que não devemos deixar de fazer algo pra gente pelo outro.

A sociedade cobra muito que devemos crescer, arrumar um parceiro e construir uma família. Eu não quero seguir a regra, eu não quero nada imposto, eu não quero um relacionamento qualquer simplesmente por status.

Todo meu tempo solteira me fez querer mais, me fez querer “o cara”, e não qualquer um só por medo da solidão. Não quero relacionamento pela metade, não quero alguém pra me limitar.  E se esse cara não aparecer, tranquilo, eu já tenho vários gatos, só precisarei da cadeira de balanço.

Você também pode gostar

2 comentários

  1. Me identifiquei demais com seu texto, isso é tão comum e muitas mulheres se frustam por estar solteiras, uma tremenda bobagem. É como o velho ditado, antes só do que mal acompanhado. ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.

Flickr

IMG_20151001_062835108_HDR

Já curtiu?