Resenha: Memórias espirituais de um gato

28 novembro


                 Não é segredo pra ninguém o quanto amo os animais, e o dia que encontrei um livro que era "escrito" por um, não resisti e tive que levar pra casa. Comprei a um tempinho no Submarino, na época tinha uma gatinha, a Maria (que na verdade não era Maria, e sim João). Quando o livro chegou estava meio sem tempo pra ler, correria de final de semestre, e quando o tempo apareceu, minha gatinha (ou gatinho) fugiu. Não era castrado e acabou indo embora, pensei que voltaria, mas nunca mais o vi. Não tive coragem de ler o livro.


                 Só agora depois que o Pingo (o gatinho fofo da foto) entrou na minha vida tive coragem de abrir as tão sonhadas paginas, e como me apaixonei por esse livro. Amei cada página, cada frase, cada palavrinha. E chorei muiiiiiitooooooo!


             O livro aborda o tema do Espiritismo (tema que particularmente adoro) de uma forma tão serena que até quem não gosta ou não conhece passa a entender e olhar com outros olhos. Sempre acreditei que animais tinham alma, e ele mostra claramente isso, acredito ser essa uma das coisas que me fascinou. A história é contada por Jack, um gato siamês, que me fez chorar bastante com o que ia "dizendo" pagina, apos pagina.


               Jack era um gatinho franzino quando filhote, vivia com seus outros irmãos em um pet shop, mas ninguém o comprava por achar que era doente, e olhavam pro coitado com horror (nesse momento ele retrata o que acontece com os filhotes que não são vendidos). Um dia entrou um rapaz na loja e se interessou por ele, mas disse que só o compraria com um desconto (o desconto deixou Jack bastante decepcionado rsrs). Nessa hora se inicia uma longa e sincera amizade.


                 O livro retrata situações de maus tratos, e são descritas de forma tão realista que choca, essa é a intenção da autora... "chocar", tentar fazer com que as pessoas acordem e vejam o que acontecem com nossos animais diariamente. E que compartilha do mesmo amor que o meu, não tem como segurar o choro.

               
                  Adoro o que está escrito na capa, e dá pra ter um noção do que irá encontrar pelas páginas:

"Memórias Espirituais de um Gato é mais um livro de Aurea Gervasio que fala sobre o amor, desta vez em sua versão mais pura e sublime: o amor inocente de um animal, sem pretensões, sem condicionantes, sem limites...Durante a narrativa, são abordados questões polemicas sobre vida espiritual, a eutanásia, as relações profissionais, os problemas do cotidiano, enfim, a complexidade do ser humano traçada de forma profunda e repleta de lições morais e filosóficas, porém, com uma leveza que somente a ingenuidade do olhar felino poderia proporcionar. O desafio ao leitor é que encerre o livro sem se emocionar. caso o consiga, a solução é adotar um animal e retomar a leitura. o amor o fará compreender."



              Sempre fui apaixonada por gatos (na verdade todo tipo de animalzinho me encanta),  e odiava quando as pessoas me diziam que meus gatos não me amavam, amavam sim minha casa ou o que oferecia a eles. Isso é uma palhaçada, gatos amam sim! Gatos amam com lealdade e o mais sincero amor. Se você discorda dessa informação, conheça um gato, se apaixone por ele e deixe ele te ensinar a pureza de um amor sublime. Quando esse amor felino é retratado no livro, meu coração se encantou. Algo que também é retratado e que me encanta, é a a pit bull Bela, mostra que apesar de serem taxados pela sociedade como "assassinos" na verdade são gigantescas bolas de pelo recheadas de muito amor.


               O livro é de grande aprendizado, aconselho todos a lerem. Será uma experiencia unica e fascinante. Embarquem na história de Jack, se apaixonem por ele, aprendam com ele.


            A Aurea, é uma pessoa iluminada, e já estou louca para ler outros de seus livros, principalmente Anjos de Luz. Não deixem de ler o livro, não irão se arrepender.

Beijinhos no coração


FACEBOOK     -     INSTAGRAM     -     TWITTER

Você também pode gostar

22 comentários

  1. Posso confessar? Você escreve bem, mas não consegui ler porque amei seu gato e as fotos ahahhahaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehe não te culpo, é impossível resistir a todo esse charme rsrs

      Excluir
  2. Eu adorei o modo como você resenhou, mas não seria um livro que eu leria, por se tratar de um livro que fala de maus tratos animais e tal...
    Amei seu gato... Tenho dois o Deam que é frajola kkk e a Vanelope que parece siamesa...
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo, também pensei que não conseguiria ler. E ele é lindo, não tem como não amar (mãe coruja) rsrs

      Excluir
  3. Não conhecíamos esse livro, parece ser bem comovente. Temos um gato e ele é muito fofinho e esperto.

    Beijos

    http://www.onlyinspirations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Amo esses bichanos, mas o livro não me atraiu! Mas, para quem curte deve ser ótimo!

    http://www.meucotidiano.com ,
    @priscilafrr / [Fan page] / [Sorteio de Natal]
    beijo.

    ResponderExcluir
  5. Ouun, que fofo... Amei o livro, não conhecia!! Adorei a forma como você descreveu e as fotos ficaram lindas!!!
    Beijos

    www.rabiscando.org

    ResponderExcluir
  6. Já fiquei desejando ler esse livro. Adoro gatos e o seu é lindo e fofo. Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  7. Nunca tinha ouvido falar, mas fiquei bem interessada, parece maravilhoso.

    http://gotasdecaffe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Amo gatos e vou baixar esse livro agora para ler.

    SORTEIO DE UMA MÁSCARA DA LOLA COSMETICS: www.rockcomluxo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amo. Quando ler, volte e diga o que achou.
      Beijinhos

      Excluir
  9. Ainda não conhecia esse livro, parece ser bom :}

    Beijos e obrigada pela visita ao meu blog, volte sempre!
    http://annacaarol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Gosteeeei muitooo...e amei o Pingo, muito fofoooo!
    Guriaaa, você é muito caprichosa e seu blog está lindo...já estou te seguindo.
    Dá um pulo lá no meu cantinho, tá? ;)
    Beijooo!
    Instagram: tamiya343 e Twitter: @cat_343
    CLIQUE AQUI E VISITE O MAKE DA MOTOCICLISTA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que bom que gostou. Fico muito feliz. O Pingo é lindo rs.
      Beijnhos

      Excluir
  11. Que gato mais lindo o seu! Eu tenho três gatos, todos adotados, e eles são as maiores alegrias da minha vida. Só quem tem felinos conhece todo o amor que eles oferecem!
    O livro parece excelente, também gosto dos temas animais e espiritismo.
    Ah, eu tenho uma pit bull, e antes tive outros dois, que infelizmente já morreram. Com um deles eu tive uma relação muito especial. As pessoas tem uma idéia muito errada sobre cachorros dessa raça, eles podem ser incrivelmente carinhosos!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que bom, devem ser lindos. Sou suspeita pra falar, mas tenho que concordar, meu Pingo é lindo. O livro realmente é muito bom, vai amar com certeza. E é verdade viu flor, pit bull são bolas de pelo recheadas de carinho, a unica raça perigosa é a raça humana. Já tive alguns pits e já conheci vários outros, todos lindos. A ultima que tive adotei adulta, tinha câncer e seria sacrificada, não ia permitir isso, viveu um bom tempo comigo. Já adotei um bull terrier que tinha sido abandonado também adulto, que veio a falecer um ano depois por causa de um câncer. Cães não são perigosos, humanos sim.
      Beijos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.

Flickr

IMG_20151001_062835108_HDR

Já curtiu?